O APÓSTOLO DAS VOCAÇÕES

Pe. José Raimundo da Costa, SDN
– Superior Geral –

Pe. Demerval dedicou, em toda sua vida ministerial, às atividades neste campo das vocações, convidando, acompanhando e auxiliando no discernimento, os que manifestavam desejo pela Vida Religiosa e Sacerdotal.

Bem antes de se constituir na Igreja do Brasil a Pastoral Vocacional como uma pastoral organizada e prioritária, Pe. Demerval já cultivava os interesses de comprometer a comunidade numa consciência vocacional. Para além de se ocupar somente com os jovens interessados no Seminário, ele queria que todos, bispos, padres, religiosos, religiosas e os leigos participassem desta missão nas comunidades e paróquias.

Por isso criou o MESSIS, movimento/serviço da Congregação que se ocupou de organizar e agilizar as atividades em torno do Apostolado Vocacional. Fundou o jornal SEMENTE, destinado a levar notícias, informações, reflexões e testemunhos sobre a Vocação para os jovens vocacionados. Nos anos 70, iniciou a série de ENCONTROS VOCACIONAIS SACRAMENTINOS que reunia os jovens (rapazes e moças) para uma experiência forte de Deus em torno do chamado. Além dos Encontros, haviam as chamadas CONFRATERNIZAÇÕES, grandes concentrações que reuniam os jovens vocacionados, simpatizantes, admiradores e adultos leigos, solteiros e casados, para uma manhã de reflexão e celebração sobre a Vocação. Para dar sustentação e apoio material e espiritual a esta iniciativa, ele reuniu um grupo de pessoas, leigos e leigas, de várias paróquias, que denominou de RETAGUARDA SACRAMENTINA. Quando acolhia os candidatos no Seminário Menor, convidava casais para “apadrinhar” os jovens seminaristas com orações, sobretudo. Eram os PADRINHO E MADRINHAS dos seminaristas.

Pastoral Vocacional na Igreja do Brasil

Passaram-se os tempos, outras modalidades de trabalho vocacional foram aparecendo. Novas nomenclaturas, pedagogias, métodos e dinâmicas vieram enriquecer as atividades da Pastoral Vocacional que, atualmente, se denomina Serviço de Animação Vocacional – (SAV). Esta nomenclatura surgiu no I Congresso Vocacional do Brasil, em 1999, com o intuito de ampliar o âmbito da ação pastoral da animação vocacional realizável em todos os lugares possíveis, envolvendo a todos, tanto no interno da organização paroquial como “ além-fronteiras”.

Em 1964, por inspiração do Concílio Vaticano II, se instituiu o Dia Mundial de Orações pelas Vocações. Na Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, em 1981, se instituiu o mês de agosto como o Mês Vocacional.

Hoje a Igreja do Brasil se prepara para realizar o 4º Congresso Vocacional do Brasil com o tema “Vocação e Discernimento” e o lema ”Mostra-me, Senhor, os teus caminhos”(Sl 25,4).

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) reafirmou, recentemente que “a pastoral vocacional se torna prioritária neste novo momento da história da evangelização, colaborando para suscitar e acompanhar vocações para o serviço da comunidade e para a atuação profético-transformadora na sociedade” (DGAE 2015-2019, n. 106, p. 59).

Todos os membros da Igreja, sem exceção, têm a graça e a responsabilidade do cuidado das vocações, a começar na família, em continuidade na comunidade eclesial (III Congresso Vocacional 2010).

A Conferência Geral dos Bispos da América Latina e Caribe, em 2007, em Aparecida-SP, diz que a Pastoral Vocacional “é fruto de uma sólida pastoral de conjunto, nas famílias, na paróquia, nas escolas católicas e nas demais instituições eclesiais. É necessário intensificar de diversas maneiras a oração pelas vocações, com a qual também se contribui para criar maior sensibilidade e receptividade diante do chamado do Senhor; assim como promover e coordenar diversas inciativas vocacionais” (DAp, n. 314).

Rezar pelas vocações

Pe. Demerval faleceu no mês de agosto (Mês Vocacional), na primeira semana que, geralmente, é dedicada à oração pela Vocação Sacerdotal, no dia 05/08, data dedicada à Memória da Basílica de Santa Maria Maior, festa de Nossa Senhora. Foi sepultado no dia 06/08, festa da Transfiguração do Senhor, que celebra os discípulos (três) contemplando o Cristo Transfigurado com vestes esplendentes.

Nesta Missa da Ressurreição (7º Dia), em memória do Pe. Demerval Alves Botelho, SDN, 11.08.2019, no Santuário do Bom Jesus do Manhumirim, não deixemos de rezar pelas vocações realizando seu denodado desejo de obedecer ao Senhor para implorar pela oração de que são poucos os operários para uma grande messe!

ORAÇÃO VOCACIONAL

     Senhor Jesus, que nos ensinastes a pedir ao Pai / que mande operários para vossa vinha, / fazei que tenhamos sempre / famílias e comunidades / verdadeiramente cristãs, / berço de vocações.

      Despertai em nossos jovens, Senhor, / o ideal de seguir a Cristo, / a vontade firme de dedicar-se ao vosso serviço, / para continuarem vossa missão, / junto ao povo de Deus.

       Suscitai, entre nós, Senhor, / sacerdotes, religiosos e religiosas / que, na inspiração da Eucaristia / e da Virgem Maria, / realizem o projeto missionário do Reino.

        Fortalecei, Senhor, / a vontade dos escolhidos,  / para que sejam atentos / em escutar a vossa voz / e sigam, corajosos, / as inspirações do vosso Espírito.

       Dai perseverança e coragem / a todos os chamados para a missão: / leigos, bispos, padres e religiosos, / para que desempenhem com amor e fidelidade / o seu ministério na Igreja.

        Ó Mãe da Eucaristia, / intercedei por nós. / Abençoai todos os que foram escolhidos / para o serviço do Reino. / Amém.

  • Enviai, Senhor, operários à vossa messe.
  • Pois a messe é grande, e poucos os operários.
Skin Color
Layout Options
Layout patterns
Boxed layout images
header topbar
header color
header position