CONGREGAÇÕES BRASILEIRAS CELEBRAM ASSEMBLEIA

Equipe de Comunicação SDN
Com informações de Ir. Núbia Maria da Silva (IMC)

Participaram da assembleia representantes das três congregações fundadas pelo Servo de Deus Pe. Júlio Maria De Lombaerde: Ir. Margarida Maria Matos Mesquita, Superiora Geral das Filhas do Coração Imaculado de Maria; Ir. Cacilda Mendes Peixoto, Superiora Geral das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora; Pe. Heleno Raimundo da Silva, secretário geral dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora e delegado do Superior Geral.

A temática do encontro girou em torno da Carta Encíclica Laudato si’, do Papa Francisco, sobre a ecologia integral. O tema específico foi “Cultivar a mística do cuidado da casa comum, comprometida com a Vida Religiosa em saída”. As superioras e superiores refletiram sobre a responsabilidade das pessoas consagradas como formadoras da consciência do povo de Deus na dinâmica do respeito à vida em todas as suas dimensões, percebendo o planeta como sendo, verdadeiramente, uma casa acolhedora para todos.

A crise socioambiental pela qual passa o planeta também diz respeito à Igreja, pois implica necessariamente um novo modo de evangelizar e anunciar o reino de Deus. Em carta aberta divulgada ao final da assembleia, os signatários afirmam: “Como Igreja e Vida Religiosa em saída, somos provocadas e provocados a realizar com determinação, gestos concretos e viáveis, como: respeitar a terra e a vida em toda sua diversidade; participar dos movimentos sociais e populares; transmitir de modo especial às crianças e jovens, iniciativas educativas que lhes possibilitem colaborar com o desenvolvimento sustentável; reconhecer que somos seres interligados e que cada forma de vida tem valor; reutilizar e reciclar materiais; recorrer aos recursos energéticos renováveis, como a energia solar; defender o direito de todas as pessoas no sentido de terem água potável, ar puro, segurança alimentar e saneamento básico; evitar o desperdício, o acúmulo e o elitismo; diminuir o lixo; apoiar e incentivar a agricultura familiar sustentável e favorecer a partilha de bens e dons.”

Dentro das reflexões deste tema, afirma Ir. Margarida Matos, FCIM: “A grande preocupação com a “Casa Comum” nos desafia como missionárias cuidadoras da vida, mas também é o momento de refletir, aprofundar e comprometer-se com a defesa da vida em plenitude. Por isso, a assembleia é significativa para a Vida Religiosa Consagrada, no Brasil e no Mundo”.

As diversas atividades da assembleia se prestam a favorecer a comunhão entre as congregações fundadas no Brasil, como forma de guardar a história e cultivar a consagração religiosa. Os participantes celebraram a eucaristia, tiveram momentos de partilha e oração, discussão em grupos, passeio e convivência fraterna. A intensidade dos dias de encontro e a vitalidade da Vida Religiosa Consagrada no Brasil manifestam o que dizia o Pe. Júlio Maria, quando afirmou ser nosso país uma terra fértil de vocações religiosas.

Skin Color
Layout Options
Layout patterns
Boxed layout images
header topbar
header color
header position