Festividades de 13 de Maio em Manhumirim

Eduardo Satil

[Jornal Tribuna do Leste]

A cidade de Manhumirim, berço sereno dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora (SDN) celebrou nesse dia 13 de maio o Dia do Sacramentino, um pouco de espiritualidade Eucarístico-Mariana dos Missionários, que completam 90 anos de uma história coroada de Amor e Sacrifício. Para celebrar essa data festiva, a comunidade católica preparou uma celebração especial, juntamente com os Missionários Sacramentinos, que receberam fieis no Santuário do Bom Jesus. ⠀

Os fiéis também participaram da apresentação da imagem de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, que agora terá um lugar especial no Santuário do Bom Jesus, que foi o sonho de Pe. Júlio Maria De Lombaerde. Sua presença no Brasil começou no ano de 1912, quando foi enviado em missão para trabalhar com os índios em Macapá e ali iniciou o trabalho missionário. Em 1928, chegou a Caratinga recebido por Dom Carloto e escolheu Manhumirim para viver e concretizar o sonho de fundar a congregação masculina de padres e irmãos. E assim, padre Júlio Maria, no ano de 1929, fundou a Congregação dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora.

Na homilia, o Superior Geral dos Missionários Sacramentinos, Pe. José Raimundo da Costa, SDN, (Padre Mundinho) lembrou a história que continua se perpetuando por onde os missionários têm frente de trabalho. “Manhumirim é uma cidade abençoada, onde a congregação foi fundada. Por onde passamos levamos o nome e elevamos o nome do nosso Fundador. Nosso compromisso é com a Igreja, a espiritualidade e o carisma”, destaca o Superior Geral.

O pároco do Santuário Bom Jesus, Pe. Marcos Antônio Duarte, SDN, diz que padre Júlio Maria sonhava com um mundo melhor, um mundo onde todos tivessem casa, comida, escola, enfim uma vida digna. A celebração do Dia do Sacramentino teve um momento marcante, com a apresentação da imagem de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento, idealizada por Pe. Júlio Maria. “Essa imagem apresenta o Menino Jesus ao povo e Ele oferta a hóstia, o que mostra as duas atitudes que os fiéis devem ter com relação à Eucaristia, que traduz a comunhão e a oração. Celebrar os 90 anos da Congregação é fazer memoria, pensando no presente e idealizando o futuro”, diz o pároco.

A diretora do Colégio Santa Terezinha, Irmã Maria do Carmo, comemora, pois, em 24 de dezembro de 1929 foi fundada também a Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora. Ela destaca que celebrar esse dia significa sentir a coragem, o ardor, a preocupação que o religioso tinha com todas as pessoas. “Queremos herdar tudo isso dele, que levava o amor às pessoas. Ele tinha um pensamento interessante, que eu adotei. Dizia que é preciso acompanhar o movimento da época para poder progredir. Ele faria tudo de novo, de forma diferente”, enfatiza Irmã Maria do Carmo.

Confira a reportagem:

Skin Color
Layout Options
Layout patterns
Boxed layout images
header topbar
header color
header position