Pe. Demerval Alves Botelho, SDN

Pe. Demerval Alves Botelho, SDN
Pe. José Raimundo da Costa, SDN
-Superior Geral-
(Homilia na missa de corpo presente às 19h30 – Santuário do Senhor bom Jesus do Manhumirim)

O noticiário regional relatava que:

“Na manhã desta segunda-feira, 05/08, a Congregação dos Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora anunciou o falecimento do Pe. Demerval Alves Botelho, SDN, ocorrido no Hospital Pe. Júlio Maria em Manhumirim.

Pe. Demerval conviveu pessoalmente com o Fundador, o Servo de Deus Pe. Júlio Maria De Lombaerde. Desempenhou diversas funções na Congregação, dentre elas a de Superior Geral, por dois mandatos. Foi o grande formador da Congregação, sobretudo como Mestre de Noviços, e dedicou-se incansavelmente à Pastoral Vocacional”.

Nossa Congregação, está de luto! Desde a manhã fria dessa segunda-feira, 05, quando tomamos conhecimento do passamento do Pe. Demerval Alves Botelho, SDN, um profundo sentimento de tristeza e de vazio tomou conta de nosso coração.

Pe. Demerval foi um ícone para nossa Congregação. A vida toda dedicada ao serviço da formação, das atividades na Pastoral Vocacional, no Governo Geral (dois mandatos, perfazendo um período de 10 anos), como professor, ardoroso estudioso das ciências humanas e das línguas (idiomas), sobretudo do Latim, do Grego, do Português, da música (tocava instrumentos, compunha canções).

Discípulo fiel do Pe. Júlio Maria, retratava em seu ser e em seu agir o que aprendeu na escola do fundador. Homem sacerdotal, do altar e da oração. Fiel religioso, amava a comunidade e até o final de sua vida empenhava para que seus irmãos de comunidade pudessem viver a comunhão de vida própria dos Consagrados.

Pe. Demerval não teve inimigos. Era amável, educado e polido. Simpático e alegre, fazia cortesias e espalhava o bem humor. Rigoroso, sim! Em primeiro lugar consigo, com seus formandos, com seus religiosos, mas dosado pela misericórdia.

Já o vi bem contrariado e nervoso. Era incapaz de se omitir perante o erro. Dizia a verdade, com firmeza e com doçura levando seus interlocutores a reconhecer o erro. Já o vi chorando várias vezes. Coração derretido diante dos seminaristas (adoecia quando alguém saía do Seminário). Emocionava por demais quando se referia ao fundador.

Devotíssimo da Virgem Maria. Comunhão profunda com a Eucaristia. Foi o formador que nos ensinou a ter zelo pelas coisas de Deus. Frequentava o sacramento da Penitência, pratica mortificações, era o homem da oração.

Estudioso! Amava os livros. Até agora, pouco antes de adoecer, ainda se ocupava com alguma pesquisa. Sempre interessado pelo conhecimento. Era um sábio. Nunca se gabou da cultura que possuía, pelo contrário, dela usava para instruir e fazer crescer os que estavam ao seu redor ou sob sua responsabilidade.

Dom Emanuel Messias de Oliveira, nosso bispo diocesano de Caratinga assim se expressou:

“Os Sacramentinos de Nossa Senhora e a Igreja Diocesana de Caratinga geram mais um santo. Hoje, o céu está em festa. Pe. Demerval constata a verdade de Filipe: “Senhor, mostra-nos o Pai e basta”. Meus sentimentos de dor aos irmãos sacramentinos, mas ao mesmo tempo, me uno a todos num grande louvor e gratidão ao Pai por ter concedido tantos dons ao Pe. Demerval, seu filho amado, e ter manifestado, através dele, suas maravilhas, sua misericórdia, sua bondade e imensa ternura. Meu querido e amado Pe. Demerval, obrigado por tudo! Esse tudo envolve muitas virtudes, muito testemunho; envolve a inefável grandeza do coração do Pai espelhada na humildade de sua pessoa. Poucos como o senhor sabem unir cultura e sabedoria competência e simplicidade. Como foi bom ter o privilégio de conhecer o senhor! Foi uma verdadeira graça de Deus! Deus seja sempre louvado nos seus santos! O vazio deixado no coração dos seus amigos seja preenchido pela fé que o senhor professou. Mais uma vez, obrigado, querido Pe. Demerval! Bendito e louvado seja o nome do Senhor, nosso Deus e Pai!”

Agora, mediante o corpo inerte do Pe. Demerval, nesta celebração eucarística, elevamos a Deus nossa gratidão por tudo que ele foi para nós, para a Congregação, para a Diocese de Caratinga, para a Igreja, para a Vida Religiosa Consagrada.

Nós, que ficamos, vamos dar continuidade à missão que Deus espera de nós. Não mais com a presença estimuladora do Pe. Demerval, não mais com o seu cuidado. Vamos sim, caminhar a passos largos, certos de que a missão continua e que, de outra forma, seremos acompanhados pelo Pe. Demerval. Pela fé cremos que da glória celeste ele intercederá junto de Deus em nosso favor, engrossando uma multidão de intercessores que já olham e rogam por nós.

Skin Color
Layout Options
Layout patterns
Boxed layout images
header topbar
header color
header position